Quinta-feira, 27 de Janeiro de 2011
Ilha de Maiorca foi a zona turística espanhola mais procurada em 2010...

 

Maiorca, a maior ilha do arquipélago das Baleares, com 3.650,16 quilómetros quadrados em pleno Mediterrâneo, foi a primeira zona turística espanhola em 2010 em número de dormidas na hotelaria, com 37,68 milhões, mais do que toda a hotelaria portuguesa.
Segundo os dados divulgados ontem pelo INE espanhol, Maiorca teve em operação em média 510 estabelecimentos com 141,1 mil camas, que empregaram 19 mil trabalhadores.
A taxa média de ocupação das camas foi de 69,55%m atingindo os 70,32% aos fins de semana.

 

 

 

A informação especifica ainda que a hotelaria de Maiorca recebeu no ano passado 5,75 milhões de hóspedes, 85,6% destes estrangeiros (4,925 milhões), que em número de dormidas, com 34,3 milhões, representaram 91,1% do total de pernoitas na ilha.
Maiorca concentrou 14,1% das dormidas na hotelaria espanhola, atingindo os 22,2% das pernoitas de residentes no estrangeiros.
Depois de Maiorca, a zona turística com maior número de dormidas foi Tenerife, maior ilha do arquipélago das Canárias, no Atlântico, com 19,7 milhões de dormidas (7,4% do total de 2010 da hotelaria espanhola).
Tenerife, com uma oferta hoteleira média de 81,7 mil camas em 207 estabelecimentos, segundo as estimativas do INE espanhol, teve no ano passado uma taxa de ocupação das camas de 65,09%, com 66,25% aos fins de semana.
Os mercados internacionais, com 1,8 milhões de hóspedes e 14,97 milhões de dormidas, representaram 63,6% dos hóspedes e 75,8% das dormidas na hotelaria de Tenerife.
Palma-Calviá, nas Baleares, foi a terceira zona turística espanhola em número de dormidas na hotelaria, com 16,12 milhões (6% do total da hotelaria espanhola), e depois foram a Costa de Barcelona, com 15,69 milhões (5,9% do total) e a Costa del Sol, com 14,39 milhões (5,4% do total).

 

Palma Calviá teve em operação em média 62 mil camas em 240 estabelecimentos, a Costa de Barcelona teve 68,6 mil camas em 539 estabelecimentos e a Costa del Sol teve 72,7 mil camas em 360 estabelecimentos.
As taxas de ocupação das camas disponíveis foram em média de 68,47% em Palma Calviá, 61,98% na Costa de Barcelona e 53,11% na Costa del Sol.
O Top5 das zonas turísticas espanholas somou em 2010 um total de 21,8 milhões de hóspedes e 103,6 milhões de dormidas, o que equivale, respectivamente, a 26,5% e 38,7% do total do sector no ano passado.
Em todas estas zonas os mercados internacionais predominaram, tendo representado 71,7% do total de hóspedes, com 15,64 milhões, e 80,7% das dormidas, com 83,679 milhões.
Em relação ao conjunto do sector espanhol, essas cinco maiores zonas turísticas concentraram 43,7% do total de hóspedes estrangeiros em 2010 e mais de metade das suas dormidas (54,1%).
Estas cinco zonas tiveram no mercado em média 426,29 mil camas em 1.856 estabelecimentos e empregaram 63 mil pessoas.
O Top10 das zonas turísticas em número de dormidas é completado pela Costa Blanca, com 14,27 milhões de dormidas, Gran Canária, com 13,75 milhões, Costa Brava, com 10,3 milhões, Costa Dourada, com 8,97 milhões, e Fuerteventura, com 8,755 milhões.
À excepção da Costa Blanca, onde o peso dos mercados internacionais foi de 43,6%, nas restantes os mercados internacionais foram predominantes, tendo representado entre 54,2% das pernoitas, na Costa Dourada, e 89,2%, em Fuerteventura.
Estas cinco zonas, com uma oferta média de 244,55 mil camas em 1.234 estabelecimentos, receberam no ano passado 11,6 milhões de hóspedes (14,2% do total da hotelaria espanhola), que fizeram 56,08 milhões de dormidas (20,9% do total do sector).
Os mercados internacionais, com 6,1 milhões de hóspedes e 37,34 milhões de dormidas, representaram, respectivamente, 52,8% do total de hóspedes da hotelaria da Costa Blanca, Gran Canária, Costa Brava, Costa Dourada e Fuerteventura, e 66,6% das dormidas.
O Top 10 das zonas turísticas espanholas em 2010, com 670,8 mil camas em 3.090 estabelecimentos, recebeu no ano passado 33,44 milhões de hóspedes, que realizaram 159,728 milhões de dormidas, pelo concentraram 40,7% do total de hóspedes da hotelaria espanhola e 59,6% das dormidas.
Dos mercados internacionais, essas dez zonas tiveram 21,78 milhões de hóspedes e 121,02 milhões de dormidas, concentrando, assim, 60,8% dos hóspedes estrangeiros na hotelaria espanhola e 78,2% das dormidas destes clientes.

 

 


buy viagra generic



publicado por Donna Viagem às 13:02
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 5 de Abril de 2010
SATA começa rota Ponta Delgada - Funchal - Gran Canária

 

A SATA Air Açores começou as ligações aéreas entre Ponta Delgada, Funchal e Gran Canária, que realiza duas vezes por semana, em Bombardier Q400 Nextgen.
A companhia faz a ligação às terças e sextas -feiras, partindo do aeroporto de Ponta Delgada (Açores) às 7h40, e chegando à ilha de Gran Canária às 12h40 (horas locais).


Roquetur Porto - Viagens e Turismo, Lda

Rua Duque Loulé, 254 - Loja C e E

4000 324 PORTO

Telefone: 22 339 22 60

Fax: 22 332 41 53

geral@roqueturporto.com

 

"...Todos os destinos num só lugar..."

 

 

 

buy viagra generic



publicado por Donna Viagem às 13:06
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Ilha de Maiorca foi a zon...

SATA começa rota Ponta De...

arquivos

Julho 2015

Abril 2015

Março 2015

Agosto 2013

Setembro 2012

Julho 2011

Janeiro 2011

Julho 2010

Abril 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

tags

todas as tags

favoritos

Benidorm | Verão 2017 | ...

links
subscrever feeds