Quarta-feira, 25 de Março de 2015
Turismo evitou mais uma vez saldo negativo da balança comercial portuguesa

Turismo.jpg

O encaixe líquido de 334,89 milhões gerado pelo turismo evitou em Janeiro que a balança portuguesa de bens e serviços registasse défice, em lugar de um excedente de 124,9 milhões de euros, de acordo com os cálculo realizados pelo PressTUR a partir dos dados publicados hoje pelo Banco de Portugal.

 

A informação do banco central indica que Portugal teve, no primeiro mês deste ano, um saldo favorável entre exportações e importações de bens e serviços de 124,9 milhões de euros, com o turismo a contribuir com 334,89 milhões. Também sobressai dos dados do banco central que relativamente a Janeiro de 2014 o saldo das trocas comerciais de bens e serviços melhorou 354 milhões de euros, embora as exportações tenham decrescido 0,5%, porque as importações baixaram 6,8%.

 

No caso do turismo, porém, o saldo aumentou 21%, sem que as importações (gastos dos portugueses em viagens e turismo estrangeiro) deixassem de crescer (+7,9%), mas porque as importações (gastos de turistas estrangeiros no país) tiveram um aumento significativamente mais forte, em 15%. Os dados do banco central permitem ver que, assim, apesar de Janeiro ser época baixa do turismo, o sector aumentou o seu peso nas exportações portuguesas de bens e serviços de 9,6% para 11,1% (+1,5 pontos), e que também nas importações teve uma quota maior, embora com uma subida não tão pronunciada, de 4,3% para 4,9% (+0,7 pontos).

 

A partir dos dados do banco central é possível ainda concluir que sem as receitas e o saldo turismo a balança de Serviços em lugar de um aumento das exportações em 2,5% teria registado uma queda em 3,9% e que em lugar de uma subida do excedente favorável a Portugal em 2% teria registado uma queda em 17,7%. O turismo, de acordo com os cálculos do PressTUR, com 593,03 milhões de euros de exportações, foi responsável por 38% das exportações portuguesas de Serviços em Janeiro deste ano, +4,1, pontos que no primeiro mês de 2014, e, com um excedente de 334,89 milhões de euros, realizou 60,2% do saldo positivo, em alta de 9,5 pontos.

 



publicado por Donna Viagem às 13:29
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Gastos de turistas estrangeiros em Portugal crescem há 62 meses consecutivos

Gastos em Portugal.jpg

 

Portugal atingiu em Janeiro o 62º mês consecutivo de subida das receitas turísticas, que são gastos no país de residentes no estrangeiro contabilizados como exportações pelo Banco de Portugal, com um aumento em 15%, pelo qual também completou seis meses consecutivos de aumentos a dois dígitos.

 

Os dados do banco central indicam que as receitas turísticas ascenderam a 593,03 milhões de euros e que essa subida correspondeu a um aumento de 77,21 milhões de euros, depois que em Janeiro de 2014 já tinham subido 49 milhões, pelo que em dois anos o aumento atinge 126,6 milhões (+27,1%). As receitas turísticas portuguesas estão com aumentos a dois dígitos desde Agosto de 2014, a mais forte das quais mantém-se o aumento em 19,4% em Setembro do ano passado, seguido pelos +15,3% em Outubro.

 

Com o aumento em 15% em Janeiro, embora os portugueses também tenham aumentado os seus gastos em viagens e turismo no estrangeiro, em 7,9% ou 19 milhões, para 258,14 milhões, o encaixe líquido para Portugal, que incide directamente no saldo da balança comercial, subiu 21% ou 58,2 milhões de euros, atingindo 334,89 milhões. No ano passado o país teve um total de 10.393,9 milhões de exportações de turismo e um encaixe líquido de 7.075,65 milhões.

 



publicado por Donna Viagem às 13:18
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 23 de Março de 2015
Turistas deixam em Portugal 29 milhões de Euros por dia

turistas em Portugal.jpg

Turistas deixam em Portugal 29 milhões de euros por dia.

 

As receitas geradas pelo turismo em Portugal cresceram 12,2%, entre Janeiro e Novembro de 2014, face ao mesmo período de 2013, totalizando 9,6 mil milhões de euros.

 

Números de hóspedes e de dormidas divulgados pelo INE e valores das receitas revelados pelo Banco de Portugal confirmam o papel crescente do turismo como motor da economia nacional.

 

Com este expressivo ritmo de crescimento, Portugal destaca-se ainda em relação ao desempenho dos principais destinos concorrentes, nomeadamente Espanha, que, até Novembro registava um aumento de 4%, um ritmo três vezes inferior ao do mercado nacional.

 



publicado por Donna Viagem às 17:13
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Turismo evitou mais uma v...

Gastos de turistas estran...

Turistas deixam em Portug...

arquivos

Julho 2015

Abril 2015

Março 2015

Agosto 2013

Setembro 2012

Julho 2011

Janeiro 2011

Julho 2010

Abril 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

tags

todas as tags

favoritos

Benidorm | Verão 2017 | ...

links
subscrever feeds